ALBERT BICHOT DOMAINE DU PAVILLON POMMARD “CLOS DES URSULINES” 2015

França
França

ALBERT BICHOT DOMAINE DU PAVILLON POMMARD “CLOS DES URSULINES” 2015

Belíssimo e elegante Pommard, elaborado com maestria por Albert Bichot e aclamado com 94 Pontos pela Wine Enthusiast.

Selos e premiações

  • RP 91
  • S 93
  • WE 94
  • WS 91

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • MassasMassas
  • VegetarianosVegetarianos
  • AvesAves
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

13.00%

Tempo de Barrica

16 meses

Temperatura

18.00 °C

Uva/Corte

  • Pinot Noir

Sobre o produto

Pommard, junto com Volnay, são as duas mais reconhecidas comunas da Côte de Beaune. Entregam alguns dos mais profundos e robustos Pinot Noir de toda a Borgonha.

Albert Bischot, um dos mais tradicionais e aclamados nomes da região, tem parcelas desde Chablis até Beaujolais e surpreende verdadeiramente com este Pommard da 2015.

Nasceu no “Clos des Ursulines”, um vinhedo rodeado por pinheiros centenários, situado no coração de Pommard. Graças ao seu terroir único, com um rico solo de argila calcária com margas brancas, este vinho desafia o mito amplamente difundido de que os vinhos Pommard são mais “masculinos”. Sua delicadeza e finesse, são reveladas harmoniosamente aos sentidos!

Oferece aromas de flores secas, cereja, cranberry, groselha e figo, envoltos em notas terrosas de funghi seco. Ao palato, é poderoso e bem estruturado, mas permanece sutil, elegante e quase “feminino”, devido à proximidade com os vinhedos de Volnay.

A acidez vibrante se integra perfeitamente com taninos refinados, e mostra um lado cítrico e envolvente, que se prolonga em um final persistente, sedoso e aveludado.

Vai bem com cortes de carne mais magros e preparações mais simples, não tão ricas em especiarias e condimentos, como um Magret de Pato ou um cordeiro assado com batatas ao murro com manteiga e alecrim. Além de um delicioso risoto ao funghi.


94 Pontos - Wine Enthusiast - Este Pommard Clos des Ursulines revela um nariz frutado com aroma de cereja, groselha e figo. Ao longo dos anos, esses aromas evoluirão para notas de café e couro.

Cheio e redondo no paladar com taninos maduros e substância rica, mas não pesada. Este vinho é poderoso e bem estruturado, mas permanece sutil, elegante e quase feminino devido à proximidade das vinhas com Volnay.

O acabamento é sedoso e aveludado. Sirva com carnes vermelhas primorosamente preparadas, como de caça ou aves ao molho de vinho.

91 Pontos - Robert Parker

91 Pontos - Wine Spectator

93 Pontos - Sonoma

História

Desde 1350, a família Bichot chama a Borgonha de lar. Mas, foi em 1831 que Bernard Bichot fundou uma casa mercante com o seu nome em Monthélie, a alguns quilômetros ao sul de Beaune.

No final do século 19, seu neto Albert Bichot deu um novo rumo aos negócios da família e criou a vinícola Maison Albert Bichot como a conhecemos. A herança familiar foi perpetuada de pai para filho desde então.

Albéric Bichot representa a 6ª geração na gestão da vinícola e na busca constante por cumprir esta missão e possui mais de 100 hectares de vinhas nas áreas de cultivo mais reputadas de toda a Borgonha.

Hoje, contabilizam 6 Domaines, dentre elas: a Domaine Long-Depaquit em Chablis, o Chateau Gris na Cote de Nuits (Nuits-St.-Georges), a Domaine du Clos-Frantin na Cote de Nuits (Nuits-St.-Georges), a Domaine du Pavillon na Côte de Beaune (Pommard), a Domaine Adelie na Cote Chalonnaise (Mercurey) e a Domaine du Rochegres em Beaujolais (Moulin-à-Vent). Cada qual é composta por vinhas cultivadas a partir de práticas sustentáveis.

Alykhan Karim

Curador(a)

Alykhan Karim
Whats App Message