BIBI GRAETZ TESTAMATTA TOSCANA - MAGNUM (1,5L) 2019

Toscana, Itália
Toscana, Itália

BIBI GRAETZ TESTAMATTA TOSCANA - MAGNUM (1,5L) 2019

Testamatta é um Supertoscano elaborado com 100% Sangiovese por Bibi Gaetz. Foi premiado com 98 Pontos por Suckling e 2x 96 Pontos, por Parker e pela Decanter Magazine.

Selos e premiações

  • D 96
  • JS 98
  • RP 96

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • MassasMassas
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

14.00%

Descanso

90 min

Tempo de Barrica

24 meses

Temperatura

16.00 °C

Sobre o produto

Filho de um artista plástico mundialmente renomado, o israelense Bibi Graetz se responsabiliza hoje pela nova geração de obras de arte da família, seus vinhos, entre os melhores da Toscana.


Numa vinícola pitoresca nas colinas ao sul da Firenza, Bibi reside com a sua família e se dedica à produção de vinhos à base de Sangiovese, de pureza marcante, os mais importantes sendo Testamatta e Colore.


“Testamatta” quer dizer “cabeça louca” em italiano, e essa é a melhor palavra para descrever Bibi Graetz: uma pessoa positiva, criativa e apaixonada, que enfrentou o desafio de produzir grandes vinhos italianos sem ter nascido numa família de viticultores.


O vinho Testamatta expressa a pureza, mineralidade e transparência do Sangiovese de vinhas velhas, com idades entre 35 e 80 anos, no topo das colinas, caracterizadas por solos bastante pedregosos.


100% Sangiovese, com frutos vindo de alguns dos mais famosos vinhedos de toda Toscana: Vincigliata, Olmo, Londa, Lamole, Montefili e Siena, resultado da combinação de tradição e criatividade. A fermentação alcoólica aconteceu de maneira espontânea, com leveduras indígenas contidas nas cascas das uvas, em barris abertos. Antes de ser engarrafado, também passou por um estágio de 24 meses em barricas de carvalho.


Em taça apresenta cor vermelho-rubi intensa com reflexos violáceos. Os aromas são marcados por frutas vermelhas maduras, como cerejas e framboesas, notas florais e de especiarias, como pimenta-preta e cravo-da-Índia, além de toques minerais, defumados e tostados.


No paladar é um vinho encorpado, extremamente complexo e com uma maravilhosa espinha dorsal. Tem taninos maduros e ótima acidez, que culminam em um final longo, marcado por frutas vermelhas maduras, especiarias e toques defumados.


Um vinho para ganhar complexidade ao longo de 20 anos na adega. Tomar depois de 2024 ou decanter por 90 minutos


98 Pontos - James Suckling - “Combinação muito atrativa de frutos secos e especiarias com cerejas pretas e ameixas. Aromas florais de sândalo também. Encorpado e muito refinado, mas intenso, com taninos macios e aveludados que se integram e se entrelaçam maravilhosamente com a fruta. Palato central maduro. Fechado no final, sugerindo a necessidade de estágio em garrafa. Muito estruturado”.


96 Pontos - Decanter - “Mais um excelente ano. De cor relativamente clara, está no outro extremo da escala de densidade dos vinhos do início dos anos 2000. Há aromas picantes de framboesa e groselha e tanto o nariz quanto o paladar mostram uma delicadeza e contenção admiráveis. Muito elegante e puro, a sua fina acidez confere-lhe excelente persistência e potencial de envelhecimento”.


96 Pontos - Robert Parker - “Pura expressão da Sangiovese, o Bibi Graetz 2019 Testamatta é um vinho em constante evolução. Bibi adicionou mais 17 hectares de vinhedo ao programa, sendo 12 hectares em Fiesole (norte de Florença) e 5 hectares em San Donato in Colle (sul de Florença) com vinhas de 70 anos. A base do vinho vê frutos de vinhas velhas plantadas na década de 1950 na subzona Lamole de clima frio de Chianti Classico. Estes novos terroirs trazem muito mais nuances aromáticas e complexidade ao vinho com flor azul perfumada, casca de laranja cristalizada, terra molhada e fruta preta ameixa. Os solos brancos de Alberese adicionam uma forte assinatura mineral calcária ao acabamento deste vermelho toscano elegantemente aerodinâmico e linear”


História

A vinícola Bibi Graetz foi fundada em 2000 na colina de Fiesole, com vista para Florença, onde Bibi, que cresceu em uma família de artistas, se apaixonou completamente pelo vinho e fez dele sua vida.


Bibi sempre foi fascinado por vinhas velhas; pela delicadeza, elegância e pureza dos frutos que podem produzir. Hoje, a propriedade Bibi Graetz reúne uma das maiores coleções dos vinhedos mais antigos da Toscana.


O amor pelas vinhas velhas traz consigo a paixão pelas variedades nativas da Toscana. Sangiovese, Canaiolo e Colorino são o núcleo de seus vinhos.


Vinhas velhas, altitude elevada, solos pedregosos e viticultura natural caracterizam a sua filosofia de produção que visa retratar o terroir de cada vinha. Na adega de Fiesole, as fermentações espontâneas, barricas abertas, punch-down manual e barricas velhas transformam as uvas em vinhos cheios de vida, transparência e elegância.


Whats App Message