Kit Quinteto Rosé e Brancos do Velho Mundo

Kit Quinteto Rosé e Brancos do Velho Mundo

Rosé e Brancos do Velho Mundo, que carregam em si toda a tipicidade e ancestralidade dos vinhos produzidos em alguns dos terroirs mais antigos do mundo.

Selos e premiações

  • Best Seller

Harmonize com

  • Frutos do marFrutos do mar
  • PeixesPeixes
  • QueijosQueijos
  • VegetarianosVegetarianos

Avise-me

Sobre o produto

O Kit Quinteto Rosé e Brancos do Velho Mundo é composto por:

- 1 unid. Ravasqueira Flor da Coutada Rosé
- 1 unid. Los Tinos Belo Verdejo Tierra de Castilla Branco
- 1 unid. Demarine Pinot Grigio Puglia IGP
- 1 unid. Deba Vinho Verde DOC
- 1 unid. Herdade do Esporão Pé Branco

Ravasqueira Flor da Coutada Rosé expressa intensos aromas de frutas do bosque e vermelhas frescas, como framboesa, amora e cereja, com um sutil toque de especiarias. No paladar entrega frescor, acentuada acidez e excelente equilíbrio. Um rosé perfeito para harmonizar.

Los Tinos Belo Verdejo Tierra de Castilla Branco entrega frescor, notas aromáticas agradáveis e aquele gosto de quero mais por uma ótima relação custo x qualidade. Os aromas são de frutas cítricas com um toque herbáceo, além da peculiar nota de nozes e nuances de mineralidade. Em boca, tem uma acidez agradável, notas de maçã verde e raspas de limão siciliano, além de um final seco e leve que pede pelo próximo gole. 

Demarine Pinot Grigio Puglia IGP  nos surpreendeu do começo ao fim da sua degustação. No olfato é extremamente exuberante, com notas herbáceas que remetem à sálvia e um leve toque oxidativo de azeitona verde e fermento. Em boca é bem leve e refrescante, com sabores de frutas brancas maduras, como pêra portuguesa, envoltas em uma gostosa acidez que leva a um final de boca prazeroso e bem seco. 

Deba Vinho Verde DOC foi elaborado a partir de um blend de Loureiro (75%), Arinto e Trajadura e encanta aos sentidos, com excelente tipicidade de aromas e sabores, com proeminentes de frutas de caroço e toques cítricos, como pêssegos maduros, toranja e delicado frescor. 

Herdade do Esporão Pé Branco encanta com todos os mais variados aromas que ele apresenta: pêra, goiaba, carambola, com um toque cítrico não muito intenso, mas presente. Em boca é lindo, com certa untuosidade, sua entrada nos remete a cascas de amêndoas torradas e logo vai se abrindo em lindas frutas tropicais, como carambola e abacaxi. Sua acidez é muito boa e refrescante, é um vinho lindo, muito equilibrado e elaborado com toda a excelência e expertise de quem entende. 

História

O Monte da Ravasqueira está localizado no Concelho de Arraiolos, a uma hora de distância de Lisboa. Em uma vasta área de paisagem tipicamente alentejana,a região possui excelentes condições geológicas e climáticas para a produção de vinho. Após o falecimento de D. Manuel de Mello, seu filho José Manuel de Mello assumiu o Monte da Ravasqueira em 1966. Ali dedicou sua vida à agricultura, ao apuramento da raça do Cavalo Lusitano e à plantação de vinha. Na propriedade cresceram os seus 12 filhos, atualmente líderes no Grupo José de Mello. Ao longo dos anos, o Monte da Ravasqueira tornou- se mais do que uma casa de família, baseando-se nos valores da agricultura familiar e sustentabilidade sem nunca perder o foco na qualidade.

A vinícola Bodegas Los Tinos está localizada em Alberite, município de La Rioja, na Espanha. Hoje, produzem vinhos de mesa de alta qualidade a preços acessíveis, principalmente com as castas  Tempranillo, Garnacha e também as uvas de vinhos brancos como Verdejo e  Viura.

Lua Cheia é o resultado da paixão por mostrar a individualidade e o caráter que os criadores deste projeto têm com a região do Douro há mais de duas décadas. Lua Cheia quer mostrar ao mundo o que de melhor se produz em Portugal. A história começa em 2009, com a produção de vinhos brancos de Murça - Douro, uma zona que produz vinhos únicos com plena identidade, como o Secretum e a Andreza Códega do Larinho. Em 2010 iniciaram-se os trabalhos no Douro, e dois anos depois, no berço da Alvarinho, sub-região de Monção e Melgaço. Posteriormente, foi iniciada mais uma parceria, agora  no Alentejo, vinificando, em instalações de terceiros, as uvas escolhidas e adquiridas na região de Estremoz. 

A Herdade do Esporão estará para sempre na história dos vinhos portugueses por seu trabalho inovador e desbravador na região do Alentejo. A família Roquette foi pioneira na produção de vinhos alentejanos para exportação, com a Herdade do Esporão. Nos últimos anos se instalaram no Minho, região do Vinho Verde, mas seu maior sucesso fora do Alentejo, sem dúvidas é a Quinta do Crasto, no Douro, uma das referências na produção de vinhos modernos e à frente da renovação das práticas enológicas na região.

Whats App Message