LAURA HARTWIG SINGLE VINEYARD CABERNET SAUVIGNON 2018

Valle del Colchagua, Chile
Valle del Colchagua, Chile

LAURA HARTWIG SINGLE VINEYARD CABERNET SAUVIGNON 2018

Um single vineyard das vinhas mais antigas da bodega boutique Laura Hartwig, no Valle de Colchagua. Generosa expressão de fruta e da tipicidade de seu terroir. Este lindo Cabernet Sauvignon de vinhas plantadas em 1980 conta com 5% de Petit Verdot e

Selos e premiações

  • JS 91

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • MassasMassas
  • VegetarianosVegetarianos
  • ÁrabeÁrabe

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

13.00%

Descanso

30 min

Tempo de Barrica

13 meses

Temperatura

15.00 °C

Uva/Corte

  • Cabernet Sauvignon

Sobre o produto

Um single vineyard das vinhas mais antigas da bodega boutique Laura Hartwig, no Valle de Colchagua. Generosa expressão de fruta e da tipicidade de seu terroir.

Este lindo Cabernet Sauvignon de vinhas plantadas em 1980 conta com 5% de Petit Verdot e evoluiu por 13 meses em barricas de carvalho francês.

De intensa cor rubi, oferece instigantes aromas de ameixas maduras, licor de cereja, especiarias, eucalipto e nuances defumadas.

No paladar esbanja taninos vigorosos e intensos, com agradável expressão de fruta e notas provenientes do estágio em madeira. Um tinto estruturado que pede harmonização, especialmente com carnes vermelhas.

Combina com a suculência de carnes vermelhas na brasa, paleta de cordeiro e costela bovina no bafo.

91 Pontos - James Suckling - Notas de ervas silvestres com um toque fresco e frondoso, bem como violetas e frutos vermelhos secos. O tanino pulverulento e de secagem suave cria um paladar vibrante com sabor de frutas roxas. Boa profundidade. Beba ou espere.

90 Pontos - Descorchados.

História

Tudo começou em 1966, quando Laura Bisquertt herdou de seu pai, Osvaldo, a fazenda “Santa Laura” no interior do Chile. Com seu marido, Alejandro Hartwig, morou no Canadá por 10 anos e como resultado de cursos e várias viagens aos Estados Unidos e Europa, ele se tornou um grande fã e conhecedor de vinhos.

Alejandro percebeu a crescente demanda por variedades clássicas francesas na América do Norte, juntamente com o aumento do consumo de vinhos do Novo Mundo, e relacionou as excelentes condições climáticas do Vale de Colchagua para desenvolver o que ele e Laura consideravam seu "projeto de aposentadoria".

Em 1994 construíram a vinícola e em 1995 lançaram seu primeiro vinho Laura Hartwig, com um Cabernet Sauvignon Reserva que deu muito que falar.

Hoje, são os filhos de Laura e Alejandro os responsáveis ??por este empreendimento e se esforçam para produzir vinhos com os mesmos princípios que seus pais lhes incutiram: vinhos da melhor qualidade, que traduzem a sua origem e complementam uma gastronomia de excelência.

Whats App Message