GIOVANNI SARTI “SINFONIA” PRIMITIVO DI SALENTO 2015

Puglia, Itália
Puglia, Itália

GIOVANNI SARTI “SINFONIA” PRIMITIVO DI SALENTO 2015

A Puglia é uma das mais efervescentes regiões do sul da Itália e produz vinhos excelentes e de muito caráter. As uvas utilizadas neste Sinfonia Primitivo di Salento 2010 são originárias de Puglia e de denominação Salento IGP (Indicação Geográfica P

Selos e premiações

  • bestSellers
  • S 92

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • MassasMassas
  • VegetarianosVegetarianos
  • ÁrabeÁrabe
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

14.00%

Tempo de Barrica

18 meses

Temperatura

16.00 °C

Uva/Corte

  • Primitivo

Sobre o produto

A Puglia é uma das mais efervescentes regiões do sul da Itália e produz vinhos excelentes e de muito caráter.

As uvas utilizadas neste Sinfonia Primitivo di Salento 2010 são originárias de Puglia e de denominação Salento IGP (Indicação Geográfica Protegida).

O Primitivo de Salento é um pouco diferente dos potentes Primitivos de Manduria, são tintos mais macios e equilibrados. Este varietal é composto por 85% Primitivo, juntamente com 15% de Merlot, resulta em um vinho aveludado e muito aromático.

Em taça, sua coloração é de um rubi intenso. Traz Instigantes aromas de fruta madura e mentol, evoluindo para chocolate, balsâmico e um toque de cravo da índia.

Em boca entra redondo, de corpo médio para leve, com notas cítricas, de couro e carvalho bem integrados. Traz um final persistente, sem dulçor algum, diferentemente dos típicos Primitivos. Um vinho singular e elegante.

Harmônico e gastronômico, para ser apreciado agora. Combina com queijos amarelos, como provolone, queijos curados, como o grana padano, um belo cordeiro assado com ervas ou uma deliciosa lasanha de berinjela com tomates frutados e azeite apimentado.

92 Pontos - Equipe Sonoma Market

História

A primeira vinícola da família Sarti foi fundada em Pontremoli - Toscana em 1888, na "Rocca Sigillina". Destruída durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial, foi reconstruída em 1956 pelo avô Giovanni e Giampiero Sarti.

No final dos anos 90, Giovanni decidiu fazer vinhos na Puglia com o famoso enólogo Pietro Parrinello, no sul da Itália, confiante de que o sol e o excelente terroir poderiam resultar em vinhos de grande qualidade.

Gustavo Jazra

Curador(a)

Gustavo Jazra
Whats App Message