carregando vinho

DEVIDO À SITUAÇÃO DA COVID-19 A SONOMA ESTÁ OPERANDO COM EQUIPE REDUZIDA E COM PRAZOS DE ATENDIMENTO E ENTREGA MAIORES. AGRADECEMOS SUA PACIÊNCIA E COMPREENSÃO.

DEVIDO À SITUAÇÃO DA COVID-19 A SONOMA ESTÁ OPERANDO COM EQUIPE REDUZIDA E COM PRAZOS DE ATENDIMENTO E ENTREGA MAIORES. AGRADECEMOS SUA PACIÊNCIA E COMPREENSÃO.

DEVIDO À SITUAÇÃO DA COVID-19 A SONOMA ESTÁ OPERANDO COM EQUIPE REDUZIDA E COM PRAZOS DE ATENDIMENTO E ENTREGA MAIORES. AGRADECEMOS SUA PACIÊNCIA E COMPREENSÃO.

Tenuta Barbadoro “Serafino” Chianti DOCG 2014 (Orgânico)

Unidade

Caixa

Tenuta Barbadoro “Serafino” Chianti DOCG 2014 (Orgânico)

“Um chianti orgânico, potente e preciso, cultivado nas colinas de Volterra”

Tenuta Barbadoro “Serafino” Chianti DOCG 2014 (Orgânico)

“Um chianti orgânico, potente e preciso, cultivado nas colinas de Volterra”

Frete Grátis*

Compra 100% segura!

Selos e premiações

Harmonize com

Unidade

Caixa

Frete Grátis*

Compra 100% segura!

Características

Sobre o produto

Tenuta Barbadoro “Serafino” Chianti DOCG 2014 (Orgânico)


A uva Sangiovese era chamada pelos italianos da antiguidade de "Sanguis Jovis". Esta última teoria considera que o nome, o sangue de Jove, vem do Monte Giove, perto de Santarcangelo, na Romagna .

A Tenuta Barbadoro conhece bem esse passado e há mais de 5 gerações produz vinho na Itália Central com respeito à natureza e um cultivo preciso. É claro que um terroir abençoado como este deixa tudo mais fácil, além do cultivo orgânico, as vinhas se desenvolvem numa colina com total abertura para a incidência solar.

As uvas amadurecem plenas e potentes e sua colheita manual cuida para que todo esse potencial não se perca. Amadurece por 12 meses em tanques de alvenaria e recebe bâtonnages* duas vezes ao mês, até atingir a estrutura e complexidade ideais.

Em taça, chegou a um rubi intenso, com aromas picantes e de frutos vermelhos e silvestres, de boa finesse. O palato é decididamente tânico e quente, com um corpo elegante e balanceado por um fim de boca envolvente.

Gostamos de recomendá-lo com carnes vermelhas e queijos de meia-cura, como um Serra da Canastra.

* Bâtonnage é uma técnica desenvolvida na França que nada mais é que revolver as borras que ficam no fundo do tanque para ampliar o contato do vinho com as borras e aprimorar o sabor e os aromas.

História

foto do curador

Curador(a)

Desenvolvido por Mktnow