carregando vinho

Televendas11 2619-1197

Pedidos por whatsApp11 9.8360-5167

Terra Rossa A.Mare Primitivo di Puglia 2018

Um Primitivo mais sóbrio, que entrega a fruta plena típica da casta sem perder a elegância.

Televendas 11 2619-1197 pedidos por whatsapp 11 9.8360-5167

Unidade

De: R$ 88,00Por: R$ 79,90

Preço a vista: R$ 79,90

Economia de R$ 8,10

Caixa

6 unidades / 10% de desconto /1

De: R$ 88,00Por: R$ 79,90

Preço a vista: R$ 79,90

Economia de R$ 8,10

Comprar

Frete Grátis*

Compra 100% segura!

Características

Sobre o produto

Terra Rossa A.Mare Primitivo di Puglia 2018


Novo destaque da Curadoria Sonoma é um Primitivo que nos surpreendeu muito quando o degustamos.

A.Mare é uma ode à cidade litorânea de Polignano a Mare, uma das rotas turísticas mais conhecidas e antigas da Puglia. E o interessante é que em nossas notas de degustação destacamos que precisávamos ver qual o terroir desse vinho, tamanha a tipicidade que ele transparece. As uvas vêm mesmo dos arredores desta cidade no litoral, o que explica a boa acidez e graduação alcoólica comportada.

Um vinho para quem procura um Primitivo mais sóbrio, que entrega a fruta plena típica da casta mas também tem um lado mais contido, elegante. Oferece aromas de frutas vermelhas e pretas maduras, como ameixas, framboesas e cerejas, notas de especiarias e toques de baunilha e chocolate. Já em boca, bastante fruta preta, groselha e amoras. Ainda apresenta taninos maduros e uma acidez super equilibrada, de dar água na boca!

Diferente de muitos Primitivos da faixa, que são só festa mas acabam rápido, este é um vinho mais sério, que ainda tem potencial de evolução. Perfeito para harmonizar com lasanha de berinjela com funghi ou Grana Padano.

A safra de 2014 no Langhe foi difícil por muitos produtores, aparentemente pela Decordi não. Este vinho brilha.

Como todo bom Barolo não dá para simplesmente abrir e tomar. Recomendamos decantar uma hora ou deixar na taça (para quem resista).

Na taça mostrar o cor vermelho atijolado que é típico da Nebbiolo da região.

Fechado inicialmente no nariz, o vinho vai se abrindo maravilhosamente. Sentimos grafite, ferro, couro, morangos maduros e suculentos, cerejas vermelhas bem vivas.

No paladar pode esperar framboesas ainda não maduras e cerejas selvagens, traços de ferro e uma mineralidade que mostra o lado sério da uva.

A acidez está excelente, os taninos suteis mas bem presentes, de alta qualidade, vão preenchendo a boca e as bochechas aos poucos. O vinho tem tudo para melhorar para 10 anos na guarda porém está lindo agora.

Para harmonizar com carré de cordeiro, osso buco ou um papardelle com funghi.

História

foto do curador

Curador(a)

Desenvolvido por Mktnow