carregando vinho

DEVIDO À SITUAÇÃO DA COVID-19 A SONOMA ESTÁ OPERANDO COM EQUIPE REDUZIDA E COM PRAZOS DE ATENDIMENTO E ENTREGA MAIORES. AGRADECEMOS SUA PACIÊNCIA E COMPREENSÃO.

DEVIDO À SITUAÇÃO DA COVID-19 A SONOMA ESTÁ OPERANDO COM EQUIPE REDUZIDA E COM PRAZOS DE ATENDIMENTO E ENTREGA MAIORES. AGRADECEMOS SUA PACIÊNCIA E COMPREENSÃO.

DEVIDO À SITUAÇÃO DA COVID-19 A SONOMA ESTÁ OPERANDO COM EQUIPE REDUZIDA E COM PRAZOS DE ATENDIMENTO E ENTREGA MAIORES. AGRADECEMOS SUA PACIÊNCIA E COMPREENSÃO.

Thomas Bassot Pommard 2011

Unidade

Caixa

Thomas Bassot Pommard 2011
De Pommard saem alguns dos melhores Pinot Noir do mundo. Este, de pequeno produtor com 170 anos de história, é um raro achado da nossa curadoria.

Thomas Bassot Pommard 2011
De Pommard saem alguns dos melhores Pinot Noir do mundo. Este, de pequeno produtor com 170 anos de história, é um raro achado da nossa curadoria.

Frete Grátis*

Compra 100% segura!

Selos e premiações

Harmonize com

Unidade

Caixa

Frete Grátis*

Compra 100% segura!

Características

Sobre o produto



A Côte d’Or da Borgonha é famosa pelos vinhos mais cobiçados da França.

Dividida em duas partes, a Côte de Nuits produz principalmente tintos, sempre à base de Pinot Noir, e a Côte de Beaune brancos, de Chardonnay.

Mas isto é regra geral. Alguns vilarejos da Côte de Beaune também especializa no cultivo de Pinot Noir, com os mais complexos e prestigiados vinhos saindo de Volnay e Pommard.

Pommard! Existe Pinot Noir mais sedutor?

Os monges beneditinos plantaram os vinhedos de Pommard pela primeira vez em ano 1005. Quando as praga chamada maladie noir devastou a Borgonha em 1349, a Côte d’Or inteiro foi replantada com estacas de videiras de Pommard. Hoje seus vinhos são entre os mais cobiçados da Borgonha. Exportados principalmente para Inglaterra e os EUA, é raro achar Pommard no Brasil, até no nível village não é encontrado por menos que R$700 por garrafa.

Assim este achado nos deixou muito feliz: um Pommard, de produtor renomado, com 9 anos de idade, já deixando de trás a fase de adolescência, oferecido hoje por valor imbatível.

Ao abrir sentimos aromas de frutas vermelhas silvestres e maduras, cerejas de floresta gordas e recém colhidas, um leve caldo de morango. Ao longo dos minutos abre em ervas, um leve alcaçuz, uma nuance de tabaco.

Em boca entra como nem uma seda, tão macio que é. Seus toques cítricos dão lugar a cereja fresca e também madura, cranberries, uma lembrança de chocolate branco, hortelã. A acidez está excelente, ótimo sinal para anos de futura evolução em garrafa. Os taninos são quase imperceptíveis. A persistência em boca é fantasticamente longa, 20 segundos ou mais, nosso time inteiro ficou quieta enquanto sentimos os sabores ondulando no paladar.

Pommard tende de oferecer Pinots musculosos com ótima estrutura e este não é nada diferente, porém os anos já permitem o vinho mostrar sua integração e sutileza também. Incrível agora, pode decantar e servir ou também deixar na adega por mais 7 - 10 anos, seguirá evoluindo com sucesso.

Uma polenta com stinco de cordeiro será uma bela harmonização, coelho e carnes de caça caso queira ir mais pelo tradicional, mas para a gente, tomar sozinho talvez seja a melhor opção de todas.

93 Pontos - Sonoma.

História

foto do curador

Curador(a)

Desenvolvido por Mktnow