ALBERT BICHOT CHABLIS GRAND CRU LES VAUDESIRS 2018

Borgonha, França
Borgonha, França

ALBERT BICHOT CHABLIS GRAND CRU LES VAUDESIRS 2018

Um Chablis Grand Cru que encantou os críticos da Wine Enthusiast, garantindo 97 impressionantes pontos. Estamos 100% de acordo, o vinho é estupendo!

Selos e premiações

  • WE 97

Harmonize com

  • MassasMassas
  • VegetarianosVegetarianos
  • Frutos do marFrutos do mar

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

13.00%

Descanso

30 min

Tempo de Barrica

10 meses

Temperatura

10.00 °C

Uva/Corte

  • Chardonnay

Sobre o produto

No coração dos Grand Cru de Chablis está localizado o vinhedo que deu origem a este grande vinho, o Les Vaudésirs. Ele tem pouco mais de dois hectares e vinhas velhas com mais de 40 anos e estende-se por encostas de exposição sul e a presença de solo Kimmeridgian se faz notar intensamente em seus vinhos.


O vinho é dourado, indicando mais intensidade e concentração do que o esperado.


Tem aromas de frutas cítricas e um perfume floral encantador, que vai se abrindo com o tempo em taça: giz, calcário, damasco, zest de limão, mel, madressilva, amêndoas levemente tostadas…


Seu paladar é equilibrado e seco, com forte presença mineral e riqueza de sabores. Tem acidez vibrante e corpo médio para encorpado. Eis uma grande escolha para acompanhar um atum selado em crosta de gergelim, espaguete com frutos do mar ou risoto de abobrinha.


97 pontos - Wine Enthusiast

Limão vibrante e macio e flor de verão perfumada dão a sensação de delicadeza deste vinho com aromas de giz. O caráter de giz, concentrado e com forte textura no paladar, é também permeado por casca de limão que faz a boca salivar. O vinho já tem generosidade e equilíbrio adorável. Riqueza e frescor são a âncora na profundidade mineral do vinho, fazendo com que seja uma delícia bebê-lo. Com o passar dos anos, esse caráter mineral vai se tornar ainda mais pronunciado. Beba até 2040.


História

Desde 1350, a família Bichot chama a Borgonha de lar. Mas, foi em 1831 que Bernard Bichot fundou uma casa mercante com o seu nome em Monthélie, a alguns quilômetros ao sul de Beaune.


No final do século 19, seu neto Albert Bichot deu um novo rumo aos negócios da família e criou a vinícola Maison Albert Bichot como a conhecemos. A herança familiar foi perpetuada de pai para filho desde então.


Albéric Bichot representa a 6ª geração na gestão da vinícola e na busca constante por cumprir esta missão e possui mais de 100 hectares de vinhas nas áreas de cultivo mais reputadas de toda a Borgonha.


Hoje, contabilizam 6 Domaines, dentre elas: a Domaine Long-Depaquit em Chablis, o Chateau Gris na Cote de Nuits (Nuits-St.-Georges), a Domaine du Clos-Frantin na Cote de Nuits (Nuits-St.-Georges), a Domaine du Pavillon na Côte de Beaune (Pommard), a Domaine Adelie na Cote Chalonnaise (Mercurey) e a Domaine du Rochegres em Beaujolais (Moulin-à-Vent). Cada qual é composta por vinhas cultivadas a partir de práticas sustentáveis.


Whats App Message