BACALHÔA ALABASTRO RESERVA TINTO 2018

Alentejo, Portugal
Alentejo, Portugal

BACALHÔA ALABASTRO RESERVA TINTO 2018

Alabastro Reserva 2018 é um alentejano muito equilibrado, produzido pela icônica Bacalhôa. Um vinho muito versátil para se ter na adega!

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • PeixesPeixes
  • QueijosQueijos

Avise-me

Teor Alcoólico

14.00%

Tempo de Barrica

9 meses

Temperatura

16.00 °C

Uva/Corte

  • Aragonêz
  • Alicante Bouschet
  • Trincadeira

Sobre o produto

Alabastro é um vinho cujo nome é inspirado num mármore semi-precioso encontrado no Alentejo. Procurou-se produzir um vinho tal como esta pedra, mineral e fresco. Alabastro é um vinho potente e persistente.

O Bacalhôa Alabastro Reserva Tinto 2018 é um blend de três castas emblemáticas do Alentejo: Aragonez, Alicante Bouschet e Trincadeira.

A vinha está plantada na Quinta da Terrugem, no Concelho de Elvas, em plena região demarcada de Borba, e onde predominam os solos argilo-calcários e solos xistosos.

São vinificadas separadamente na moderna adega da Quinta do Carmo em Estremoz.

Em taça, apresenta uma cor rubi profunda e aromas de frutas vermelhas, complementados por notas de baunilha e madeira tostada que conferem uma bela complexidade e estrutura. No paladar, é encorpado e macio, com notas de amora, framboesa e um toque de especiarias.

Ideal para acompanhar pratos à base de carne, como picanha recheada e cupim assado, e também vai bem com uma rica bacalhoada.

História

Considerada uma das mais bela quintas da época medieval ainda existentes em Portugal, a Quinta da Bacalhôa é uma antiga propriedade da Casa Real Portuguesa. Localizados em Azeitão, a Quinta e o famoso Palácio da Bacalhôa constituem um monumento artístico de maior relevância para o país.

Em 1936, o Palácio da Bacalhôa foi comprado e restaurado pela americana Orlena Scoville, cujo neto assumiu a missão, na década de 1970, de torná-la uma das maiores produtoras de vinho em Portugal.

A arquitetura do Palácio, bem como a sua decoração e jardins, foram influenciados ao longo dos séculos pelos diferentes proprietários, que por sua vez foram inspirados pelas suas viagens através da Europa, África e do Oriente.

Atualmente a Quinta da Bacalhôa faz parte da Fundação Berardo, que pertencente à família do mesmo nome e cujo patriarca é o Comendador José Berardo.

Encontramos outros produtos que você pode gostar!
Whats App Message