LUIGI BOSCA CABERNET SAUVIGNON 2020

Mendoza, Argentina
Mendoza, Argentina

LUIGI BOSCA CABERNET SAUVIGNON 2020

Um tinto sério de grande tipicidade que expressa bem seu terroir, elaborado com uvas cultivadas na primeira região vinícola de Mendoza, elaborado pela renomada Bodega Luigi Bosca.

Selos e premiações

  • JS 90
  • TA 91

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

14.16%

Descanso

30 min

Temperatura

15.00 °C

Uva/Corte

  • Cabernet Sauvignon

Sobre o produto

Majestosamente expressivo, este Cabernet Sauvignon é elaborado a partir dos próprios vinhedos da Bodega, com cerca de 40 anos de idade, localizados no Vale do Maipo e em Luján de Cuyo, em alturas de mais de 800 metros.

As uvas são selecionadas minuciosamente e colhidas de forma manual, com a fermentação a partir de leveduras selecionadas. Após fermentação o mosto passa por 14 meses em barris de carvalho francês e americano.

O resultado é um vinho de cor rubi profunda e brilhante. No nariz percebemos deliciosa fruta preta, ameixas maduras, especiarias quentes, pimenta preta e notas de couro.

Em boca se mostra encorpado, com taninos firmes, amaciados pela madeira e pela acidez equilibrada. O final é frutado e persistente, com notas tostadas remanescentes do tempo em barrica.

Um vinho lindamente estruturado e elegante, combina com lombo de veado com mel e alecrim, bife ancho ao chimichurri ou um rico risoto de funghi.


91 Pontos - Tim Atkin

90 Pontos - James Suckling

“Especiarias verdes grelhadas e azeitonas pretas com algumas amoras. Este cabernet sauvignon de corpo médio a encorpado mostra uma estrutura de taninos sólida e mastigável que levará um ano para assentar. Beba em 2024.”

História

Um legado que remonta a 1890, quando o espanhol do país basco Leoncio Arizu chegou à Argentina e, em 1901, se estabeleceu em Mendoza.

Unindo esforços com a família Bosca, originária do Piemonte, na Itália, fundaram a Bodega Luigi Bosca - Familia Arizu. Mais de um século de história, hoje são os netos e bisnetos que mantêm a tradição de elaborar grandes vinhos.

A família Arizu foi uma das principais protagonistas do desenvolvimento da viticultura argentina, participando das atividades da criação da primeira D.O.C do país, em 1898: a Denominación de Origen Luján de Cuyo.

A Luigi Bosca possui oito vinhedos localizados em prestigiadas regiões de Mendoza, como Luján de Cuyo, Maipú e Valle de Uco. As diferentes variedades hoje cultivadas foram trazidas da Europa, na última década do Século XIX. O resultado de hoje é a seleção do melhor daqueles antigos vinhedos familiares.

Whats App Message