LA CHAPELLE DE HAUT-BAGES LIBÉRAL PAUILLAC 2018

Bordeaux, França
Bordeaux, França

LA CHAPELLE DE HAUT-BAGES LIBÉRAL PAUILLAC 2018

“Muito refinado para um segundo vinho”, disseram os críticos da James Suckling ao avaliarem este vinho com 93 pontos. É expressivo, complexo, macio e tem potencial para envelhecer por mais uma década na adega.

Selos e premiações

  • organico
  • JS 93

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • MassasMassas
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

13.50%

Descanso

60 min

Tempo de Barrica

12 meses

Temperatura

18.00 °C

Uva/Corte

  • Cabernet Sauvignon
  • Merlot

Sobre o produto

La Chapelle de Haut-Bages Libéral é o segundo vinho do Grand Cru Classé de Pauillac Haut-Bages Libéral.

Na safra de 2018 este vinho superou todas as expectativas, sendo um dos grandes “2? vins” da safra..

“Muito refinado, este segundo vinho”, disseram os críticos James Suckling ao avaliá-lo com nada menos do que 93 pontos.

Um blend de Cabernet Sauvignon e Merlot, das uvas da própria propriedade, o vinho passou por 12 meses de estágio em barrica de carvalho francês.

O vinho é muito expressivo e exala aromas encantadores de frutas vermelhas, amêndoa tostada e tabaco doce, que dançam diante do nariz e convidam ao primeiro gole. Com o tempo, se abre em notas de pedra quebrada e lavanda, garantindo frescor e complexidade à bebida.

Entra pelo paladar de corpo médio espalhando cerejas suculentas e vivazes, amoras e framboesas maduras, que dão lugar a taninos redondos e muito aveludados, com sabores de alcaçuz, cranberry, cassis e uma certa salinidade deixando presença . Seus taninos perfeitos e sua acidez, vibrante, formam uma dupla perfeita para harmonizar com polenta ao ragu de cordeiro, ossobuco ou queijos maturados.

Beba este vinho agora ou guarde por ao menos uma década. Melhor ainda se puder acompanhar a evolução deste grande Bordeaux.


93 pontos - James Suckling

Lindo e muito refinado este segundo vinho, com aromas e sabores de frutas silvestres, pedra quebrada e amêndoa. Tem corpo médio com taninos finos integrados e longo e saboroso final. Mostra foco e intensidade. Polido. Beba depois de 2024.

92 Pontos - Falstaff - (Peter Moser)

História

A história do célebre Château Haut-Bages Liberal começou no século VIII, quando a família Libéral estabeleceu-se na propriedade. Por volta de 1800, a reputação do vinho do Château era muito boa, o suficiente para que a propriedade fosse classificada como Cinquième Cru Classé na Classificação de 1855.

Atualmente o Château Haut-Bages Libéral é administrado por Claire Villars-Lurton e Gonzague Lurton, fazendo parte da coleção de vinhos do grupo, com propriedades em Bordeaux e Sonoma. Seus vinhedos são vizinhos dos Châteaux de Latour e Pichon Baron, e suas vinhas são orgânicas e biodinâmicas.

Encontramos outros produtos que você pode gostar!
Whats App Message