DE MARTINO OLD VINES VIGNO CARIGNAN 2016

Valle del Maipo, Chile
Valle del Maipo, Chile

DE MARTINO OLD VINES VIGNO CARIGNAN 2016

Estrela do Maule, o “melhor VIGNO… um dos melhores tintos chilenos”, como avaliou Robert Parker.

Selos e premiações

  • organico
  • GD 96
  • RP 97

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • MassasMassas
  • VegetarianosVegetarianos
  • ÁrabeÁrabe
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

13.50%

Descanso

60 min

Tempo de Barrica

24 meses

Temperatura

16.00 °C

Uva/Corte

  • Carignan

Sobre o produto

Se tem VIGNO no rótulo, podemos já entender que o vinho não tem como não ser excelente. VIGNO é um projeto no Valle de Maule, que começou 25 anos atrás e hoje conta com 35 produtores, inclusive alguns dos mais importantes do país.

É sigla para “vignadores de carignan”, um trabalho de resgate de uma das uvas ancestrais do Chile, oriunda do sul da França, nascida no leste da Espanha.

De Martino, renomada vinícola de imigrantes italianos no Chile, elabora vinhos de alta qualidade nessa denominação. Um dos três produtores escolhidos para destaque principal na matéria “O Novo Chile”, escrito pela Wine Enthusiast, De Martino faz vinhos de altíssima qualidade.

Na série Old Vines, a casa reúne seus vinhos de caráter, provenientes de vinhas velhas de Cachapoal, Maule e Itata.

Porém, Vigno é a estrela da casa. Premiado e pontuado, tem como particularidade a colheita da Carignan proveniente de um único vinhedo (La Aguada) plantado em 1955 e com 4,5 hectares. Como resultado, entrega um vinho complexo e com grande potencial de guarda para a clássica casta do Maule.

Embora ressalte a Carignan, Vigno consiste em um “field-blend” (marca caraterística dos vinhos De Martino), com uma proporção de 85% do varietal misturado a 15% de uma combinação de Malbec, Cinsault, Cabernet Sauvignon e Carmenere.

Advindo de colheita história de 2016, após um inverno mais seco que o normal e uma primavera fria e chuvosa que afetou a floração, Vigno acabou se beneficiando das intempéries, tornando-se, assim, um exemplar ainda mais fresco com notória e elegante acidez.

Com passagem por barrica de carvalho por 2 anos, Vigno traduz a expressão da Carignan de forma impressionante em taça.

O nariz traz um lado carnudo, de embutidos, aos poucos abre para erva-doce, mentol e cânfora.

Em boca é uma delicadeza, mas que cresce com muita suculência da acidez e taninos evidentes, com traços de madeira silvestre. Um grande vinho. Um vinho de meditação, muito equilibrado, pouco óbvio, para amantes de Pinot Noir e frutas vermelhas.

Fácil de beber, embora um tanto austero e complexo, Vigno 2016 traz consigo uma alta versatilidade gastronômica. Vai desde uma bela companhia com queijos intensos (gouda, gruyére, emmental) a um belo pernil suíno assado ao molho de ervas. Recomendamos aproveitar para harmonizar com uma parrillada de verduras assadas na brasa.


97 Pontos, Luis Gutierrez, Robert Parker's Wine Advocate

Este vinho não é nada menos que espetacular. O nariz é complexo, intercalando aromas de bacon defumado, flores silvestres e berries, terra e casca de árvore, uma rara combinação de poder e elegância, que leva este vinho para um perfil totalmente distinto, diferente dos outros da associação VIGNO. Além de nariz intoxicante, o palato também oferece mineralidade, com taninos austeros e sérios de solos graníticos. Este não está somente entre os melhores dos vinhos engarrafados como VIGNO… este também é um dos melhores vinhos já produzidos no Chile...Carignan maturado em foudres de 5.000 litros por 24 meses. Tem que ser o melhor ano de todos para o De Martino VIGNO, mostra a pureza da varietal de forma precisa, elegante, poderosa… apenas 6.439 garrafas elaboradas.

96 Pontos - Guia Descorchados

Proveniente da vinha La Aguada, perto da localidade de Sauzal, na seca região do Maule, este vinho provém de uma vinha muito antiga, plantada em 1955. Consistente com o estilo dos vinhos da casa, mas também aderindo a uma nova visão de Carignan muito mais fresco e frutado. É intenso nos sabores de frutas vermelhas, numa acidez deliciosa. À primeira vista pode parecer um vinho frutado para matar a sede, mas perceba os taninos e verá que aqui tem um vinho para guardar durante uma década”

História

Em 1934 o italiano Pietro de Martino chegava ao Chile em busca de um lugar único para produzir vinhos. Foi assim que fundou a De Martino, no coração do Valle del Maipo.

Ainda na década de 1990, a vinícola embarcou em um projeto, até então pioneiro no país, para converter as práticas tradicionais de cultivo nos vinhedos em um processo 100% orgânico.

Com todo esse respeito ao sagrado terroir que elabora seus vinhos, o conteúdo engarrafado busca transmitir um sentido de lugar, pureza e equilíbrio. Por isso é tão importante o cultivo sustentável e o uso de técnicas tradicionais de vinificação.

Sob o comando do enólogo Marcelo Retamal, os vinhos refletem o lugar de onde vem, mostrando assim a diversidade única do Chile.

Whats App Message