ERASMO 2012

Valle del Maule, Chile
Valle del Maule, Chile

ERASMO 2012

“Possui muitas camadas de sabores, força e nitidez”, disseram os críticos do Guia Descorchados ao avaliarem o vinho com merecidíssimos 95 pontos. Vinho emblemático do Maule que, com 12 anos de guarda, ainda exala frescor e tem estrutura impecável.

Selos e premiações

  • GD 95

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • VegetarianosVegetarianos
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

14.50%

Descanso

30 min

Tempo de Barrica

18 meses

Temperatura

18.00 °C

Uva/Corte

  • Cabernet Franc
  • Cabernet Sauvignon
  • Merlot
  • Syrah

Sobre o produto

Ícone da Fazenda Erasmo, o vinho homônimo homenageia o fazendeiro que ajudou a descobrir o Caliboro, no Valle de Maule. Em cada safra, o vinho sofre uma pequena variação - seja no corte ou no tempo de barrica -, e funciona como um retrato fiel de como o ano atravessou a região.

E 2012 foi uma grande safra fácil para o Maule. O ano foi quente, resultando em uma excelente e antecipada colheita. Foi nesse contexto que a fazenda Erasmo deu vida a um vinho “ que desafia os preconceitos sobre a elegância e a finesse dos tintos do Maule” e que mereceu cada um dos 95 pontos Guia Descorchados.

Precisamos concordar. Em nossa degustação mostrou-se mais pronunciado em seus taninos íntegros em relação à safra anterior, bem gostoso, com menos fruta e um lado mais sério.

Feito a partir do corte de Cabernet Sauvignon (57%) com Merlot (28%), Cabernet Franc (10%) e Syrah (5%), o vinho amadureceu em barris usados por 18 meses. Repleto de aromas terciários, entrega couro, alcaçuz, tabaco, balsâmico, tâmara e ervas secas.

Um vinho que, apesar dos anos de guarda, ainda tem estrutura firme e paladar elegante e refinado, embora não muito aromático. Exibe impecável equilíbrio e a presença de tâmaras secas repletas de ervas em seu núcleo, mostrando seu caráter herbáceo, terciário e um tanto austero.

Abra-o agora acompanhado por um belo presunto cru fatiado na hora, um saboroso bife ancho ao chimichurri ou um risoto de gorgonzola e nozes.


95 pontos - Guia Descorchados

Quando em 1998, o Conde Marone Cinzano chegou ao Valle del Maule vindo da Toscana (onde é proprietário da vinícola Col d'Orcia), sua ideia era plantar variedades bordalesas nos solos aluviais do rio Perquelauquén, em Caliboro, uma remota comunidade de cerca de 600 habitantes no secano do Maule. Ele plantou Cabernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc. Nesta mistura (57% Cabernet Sauvignon, 28% Merlot, 10% Cabernet Franc), há também 5% de Syrah. Como temos visto em outros anos, este é um vinho que desafia os preconceitos sobre a elegância e a finesse dos tintos do Maule. Possui muitas camadas de sabores, força e nitidez nos taninos. Tem um forte caráter herbáceo, mas principalmente apresenta frutas vermelhas maduras e especiarias que preenchem o paladar. Uma excelente versão deste Erasmo, cuja primeira colheita foi em 2001.

História

Erasmo é o nome de um fazendeiro local que me ajudou a entender a singularidade da antiga terra de Caliboro. Reconhecida por seu microclima desde os tempos pré-colombianos e depois colonizada pelos Conquistadores, a Fazenda Erasmo agora traz ao mundo vinhos premiados que mostram todo o potencial da mais antiga e tradicional região vinícola do Chile.

Esta adega, combinando elementos antigos e modernos, é o resultado e a moldura do apaixonante projeto do Conde Marone: a pesquisa rigorosa de elevados padrões na elaboração de vinhos de alta qualidade, onde a experiência secular da tradição familiar na vinificação se combina com a atenção constante dada à a contribuição da tecnologia moderna.

Encontramos outros produtos que você pode gostar!
Whats App Message