JEAN-MAURICE RAFFAULT LES PICASSES CHINON 2018

Loire, França
Loire, França

JEAN-MAURICE RAFFAULT LES PICASSES CHINON 2018

Há 14 gerações a família Raffault elabora vinhos na comuna de Chinon, onde a Cabernet Franc atinge seu ápice. Conheça o grande Les Picasses!

Selos e premiações

  • organico
  • RP 93
  • WS 91

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • VegetarianosVegetarianos
  • HamburguerHamburguer
  • AvesAves
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

14.50%

Descanso

30 min

Tempo de Barrica

18 meses

Temperatura

16.00 °C

Uva/Corte

  • Cabernet Franc

Sobre o produto

JM Raffault é o maior acionista do vinhedo Les Picasses, são 6 hectares divididos em 10 parcelas, onde são cultivadas vinhas de 15 a 60 anos de idade.

O vinhedo está situado num planalto no topo das colinas com vista para o Vienne. O local é o ponto mais alto entre os rios Vienne e Loire e está muito bem exposto à incidência solar. “Picasses” deriva de uma ferramenta com duas pontas (picaretas) utilizada para trabalhar vinhas plantadas em solo pedregoso, como o do vinhedo.

Após desengace e fermentação feita exclusivamente a partir de leveduras nativas, segue para barricas para estágio de 18 meses sobre borras finas. Porém, a prática da família é usar madeira “neutra”, com 3 a 10 anos.

Super perfumado, este vinho tem linda estrutura e elegante complexidade. Boa acidez, é bastante refrescante, com notas cítricas e linda mineralidade, combinada com grafite e nuances terrosas. Com taninos firmes e bom corpo, indicamos decantação antes de apreciá-lo!

Experimente harmonizar com porco assado, hambúrgueres de carne bovina, peru com cranberry ou pato assado.

93 Pontos - Robert Parker

“O Chinon Les Picasses 2018 vem do famoso planalto entre os rios Loire e Vienne. Enraizado em solos argilosos profundos e argilosos sobre rocha-mãe calcária e coberto por seixos calcários durante 15-60 anos e envelhecido durante 18 meses em barricas de três a sete anos, o 2018 abre com um bouquet intenso mas elegante e refinado de frutas escuras e notas picantes. Sedoso, redondo e intenso no palato, é um Picasses encorpado, profundo e complexo, muito longo e sustentável, com vitalidade e salinidade estimulantes. Os taninos são maduros e finos e misturam-se bem com a fina acidez deste suculento e estimulante Chinon – para agora e para os próximos 20-30 anos (se guardado perfeitamente)”.

91 Pontos - Wine Spectator

“Este tinto oferece uma complexidade sólida, com sabores de groselha escura, caixa de charuto e sanguíneo que são complementados com folha de louro, especiarias saborosas e toques florais. Tenso, com taninos firmes”.

História

A família de Jean-Maurice Raffault e Rodolphe Raffault começou a cultivar vinhas em Chinon, uma comuna no Vale do Loire, há 14 gerações, quando o seu antepassado, Mathurin Bottreau, comprou a sua primeira parcela de vinhas em 1693.

Hoje, Domaine Jean-Maurice Raffault possui 50 hectares de vinhas cultivadas organicamente em 7 comunas. Todos os vinhos têm o certificado de produção orgânica desde a safra 2021.

Jean-Maurice Raffault, pai do atual gestor e enólogo Rodolphe, foi uma das grandes personalidades de Chinon. Ao assumir a propriedade da família em 1973, ele revolucionou as práticas locais.

Primeiro, ele abandonou a policultura em favor do cultivo apenas de uvas viníferas. Começando com apenas os 4,5 hectares que herdou de seu pai, ele comprou e plantou alguns dos melhores locais conhecidos de Chinon, expandindo a propriedade para 50 hectares.

Whats App Message