MASSOC FRÈRES GRAND PAIS D.O TINTO 2018

Valle de Itata, Chile
Valle de Itata, Chile

MASSOC FRÈRES GRAND PAIS D.O TINTO 2018

"Melhor Pais que degustei", James Suckling ao dar 93 Pontos para este estrela de Itata!

Selos e premiações

  • JS 93
  • RP 93

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • PeixesPeixes
  • VegetarianosVegetarianos
  • AvesAves
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

13.00%

Tempo de Barrica

18 meses

Temperatura

16.00 °C

Uva/Corte

  • País

Sobre o produto

Elaborado da uva País, a mais antiga das Américas, trazido pelos espanhois e hoje muito na moda no Chile, este tinto foi elaborado por especialistas da Borgonha é é um dos melhores exemplos da uva que já provamos.

Produzido a partir de 1,5 hectares de videiras com cerca de 150 anos em Juan Hinojosa, no Valle del Itata em uma encosta de 60% de granito. Uvas fermentadas em foudre aberto de madeira raulí e envelhecidas em barricas de carvalho francês por cerca de 18 meses.

O Grand País resume a proposta de Massoc Frères para a variedade País levada à sua expressão máxima de qualidade. Extraído de vinhas centenárias de cultivo orgânico, situadas num terroir excepcional, vindimadas à mão, é vinificado em pequenos lotes. Destaca-se pela finesse, profundidade e estrutura, com estilo e complexidade que lembram o Pinot Noir da Borgonha.

Nessa degustação, Grand País confirmou toda a personalidade de sua proposta de ressaltar tipicidade da País. Um vinho lindo! Muito mentolado nos aromas, remetendo a cânfora, com toque de cereja.

Sutil em boca, mantém a rusticidade da País, com ótimo refinamento. Macio, fácil de beber, com sabores que vão de água de rosas a framboesa, abrindo para acidez e taninos fortes e bem presentes, com um lado de café.

Na harmonização, pode acompanhar desde grelhados com molhos agridoces até a peixes mais gordurosos ou ensopados. É uma boa companhia para queijos macios e meia-cura.

93 Pontos - James Suckling

Muito linear e fino com taninos que são polidos e marcantes. Brilhante acidez. É de corpo médio com persistência adorável e um lindo final. Um Pais sério, que mostra energia e foco. Beba agora.

93 Pontos - Robert Parker’s Wine Advocate

Eles tratam este vinho como um grande Pinot Noir da Borgonha. É picante e floral, bastante perfumado e vistoso, bastante aberto. Tem o caráter varietal terroso e algo rústico, com alguns taninos poeirentos e um final saboroso, longo e seco; mas, ao mesmo tempo, há elegância e sutileza.

História

Massoc Frères é um projeto vitivinícola iniciado em 2003, quando os irmãos François e Jean Paul Massoc estudavam na Universidade da Borgonha, na França. Entusiasmados com a experiência de conhecer grandes vinhos e vinhedos europeus, sonhavam um dia desenvolver os seus próprios no Chile, cientes do enorme potencial dos terroirs do país.

Em 2015, convidaram a paisagista e comunicóloga Noëlle de Mussy para ingressar e firmar a reputação dos vinhos produzidos no Valle del Itata, considerado berço dos vinhos chilenos, por ser uma das primeiras regiões exploradas pelos colonos espanhois para cultivo de vinhas no século XVI.

Durante a primeira metade do século XX, principalmente após a Quebra da Bolsa de Nova York em 1929, a região caiu no ostracismo e perdeu espaço para as vinícolas do Valle Central. Foi redescoberta recentemente.

A casa começou sua produção em 2017, quando a família Massoc comprou uma antiga vinícola, localizada em Quillón, nas encostas do Cerro Cayumanqui, cercada por vinhedos e natureza, no coração do Vale do Itata. As uvas para sua produção vêm de um velho vinhedo no Vale do Itata-Ñuble, plantado com uvas País e Moscatel, e de outro no Vale Itata-Bio Bio, com Cinsault e País.

François Massoc, como enólogo e produtor, conduz pessoalmente o manejo manual e o processo de vinificação natural, com pisa ancestral e maceração com engaços e envelhecimento em barricas de carvalho francês, importados pelo próprio François. Ele também é toneleiro e coordena a tosta da barrica, para elaboração de cada lote.

A proposta da cave é de expressar em cada garrafa a identidade e a alta qualidade das cepas tradicionais da região: País, Cinsault e Moscatel, enraizadas na cultura, paisagens e pessoas do sul do Chile.

Whats App Message