QUINTA DO GRADIL ANNO 1492 ALVARINHO 2019

Lisboa, Portugal
Lisboa, Portugal

QUINTA DO GRADIL ANNO 1492 ALVARINHO 2019

Um Alvarinho achado de uma vinícola com mais de 500 anos de história, para comparar com os grandes!

Selos e premiações

  • AD 93
  • AK 93

Harmonize com

  • PeixesPeixes
  • AvesAves
  • Frutos do marFrutos do mar

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

13.50%

Tempo de Barrica

6 meses

Temperatura

10.00 °C

Uva/Corte

  • Alvarinho

Sobre o produto

1492 foi o ano em que a Quinta do Gradil foi fundada. Hoje, 532 anos depois, é referência na produção de vinhos em Portugal.

E este branco elaborado 100% com a casta Alvarinho é um achado, já que não vem do Minho e sim dos arredores de Lisboa, mas compete de igual para igual com os tradicionais alvarinhos de Vinho Verde e também de Rias Baixas, na Espanha.

Este delicioso vinho branco da Indicação Geográfica de Lisboa, recebe as influências do Oceano Atlântico, o que contribui para seu incrível fresco e acidez natural.

Em taça, apresenta uma linda cor dourada, mas com bastante clareza, um dourado de joia e não de envelhecimento. Seus aromas nos remetem imediatamente ao Atlântico, com brisa de maresia, aromas de fruta de caroço e pêssego. A alta acidez aporta frescor sem igual. Salinidade de mar, damasco, pêssego e um final com uma pitada cítrica. É lindo, daqueles vinhos que vão ficar na memória e que rapidamente pedem o próximo gole.

Perfeito para acompanhar uma paella, isca de peixe frito ou mesmo um frango assado com ervas e batatas.

93 pontos - Revista Adega

"Branco elaborado exclusivamente a partir de Alvarinho, com fermentação e estágio de 6 meses em esferas de concreto (Galileu). Fresco e estruturado, é super cremoso. Gostoso beber, chama atenção pelo equilíbrio entre madureza de fruta de caroço, textura firme e frescor, com final untuoso e tenso, apresentando toques de camomila, de lima e de limão. Álcool 13%."

93 Pontos - Alykhan Karim

História

A Quinta do Gradil encontra-se referenciada na história dos vinhos portugueses desde 1492. No entanto, foi apenas no século XVII, que a vinha e o vinho passaram a fazer parte da atividade econômica da propriedade.

Mas foi no século XIX que um dos momentos mais decisivos aconteceu quando Dona Maria do Carmo Romeiro da Fonseca herda do seu pai a Quinta do Gradil, tranformando-a num negócio agrícola de referência, focando-se na produção de vinho.

Vários anos se passaram e a Quinta do Gradil continua a ser uma referência Portuguesa no mundo, sendo agora liderada por Luís Vieira.

Situada no Cadaval, ocupando uma área de 200 hectares dos quais 120 plantados com vinha, a localização privilegiada da Quinta do Gradil, entre a Serra de Montejunto e o mar, permite-lhe tirar partido da influência atlântica, determinante para o equilíbrio ácido e frescura dos seus vinhos, mas, ao mesmo tempo, usufruir de um bom número de horas de sol, importante para a boa maturação das uvas.

Whats App Message