STELLENRUST PEPPERGRINDER’S SHIRAZ 2017

Stellenbosch, África do Sul
Stellenbosch, África do Sul

STELLENRUST PEPPERGRINDER’S SHIRAZ 2017

Epítome do que o Shiraz do Golden Triangle pode oferecer em termos de terroir, clima e personalidade

Selos e premiações

  • AD 93
  • AK 94

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • MassasMassas
  • VegetarianosVegetarianos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

14.30%

Descanso

60 min

Tempo de Barrica

12 meses

Temperatura

16.00 °C

Uva/Corte

  • Shiraz

Sobre o produto

Um tinto representativo do cultivo de Shiraz no famoso distrito sul-africano de Stellenbosch, que faz parte da área conhecida como Golden Triangle, entre a cidade, a montanha Helderberg e a costa de Somerset West.

Neste vinho premium de Stellenrust, a casta é utilizada de um único vinhedo, plantado em 1972 em um terreno onde também costumava ser cultivado tabaco.

As uvas são colhidas à mão e maceradas a frio durante 24 horas em tanques abertos, sendo 38% do vinho fermentado em cachos inteiros. Envelhece de 12 a 14 meses em barricas de carvalho francês (95%) e americano (5%).

Um Shiraz que oferece nariz opulento e taciturno, com especiarias, notas de violeta e a distinta pimenta-branca passada por moedor que o batiza.

Esse aroma de “peppergrinder” retine também em boca, onde a picância divide espaço com amora e cereja vermelhas, com um final persistente de azeitonas pretas e suaves tons de baunilha, advindos da maturação em madeira.

Sua harmonização vai agradar os fãs de carne vermelha. A indicação da vinícola seria combinar com um filé bovino curado típico de Madagascar. Para o mercado externo à África, a sugestão é uma costela de cordeiro assada.

94 Pontos - Alykhan Karim - CEO Sonoma Market - Degustei este vinho ao longo de 3 dias, cada dia se mostrou mais integrado e simplesmente melhor. O nome “pepper grinder” quer dizer “moedor de pimenta do reino” e seus aromas realmente são de pimenta recém moída, que intercalam com um fundo de amoras pretas, mocha, tosta de carvalho, capuccino, carvão, fumaça do churrasco. Muito jovem ainda. Com passar do tempo na taça ou no decanter (ou na guarda), fruta preta vai para fruta azul, mirtilos que dão lugar para traços de baunilha, a excelente acidez oferece uma suculência fantástica, a fruta macia…Um vinho para comparar com os grandes Cabernet Sauvignon da Napa Valley ou os excelentes Shiraz da Barossa Valley, da Austrália.

93 Pontos - Revista Adega

Elaborado a partir de um único vinhedo plantado em 1972, esse 100% Syrah tem estágio entre 20 e 24 meses em barris de carvalho, sendo 95% francês e 5% americano. Mostra frutas vermelhas e negras seguidas de notas florais, de ervas e de especiarias picantes, com sua pulsante acidez e seus taninos firmes e de textura arenosa ditando as regras e conferindo fluidez profundidade ao vinho. Tem final suculento, com toques defumados, de ameixas e de pimenta negra. Álcool 15%.

História

A história da Stellenrust remete a 1672, quando o holandês Douwe Steyn chega a Cape Town e recebe uma vinícola como pagamento por seu excelente trabalho na construção do “Castle of Good Hope”.

Atualmente, conta com cerca de 400 hectares, sendo uma das maiores propriedades familiares da África do Sul. Dessa vasta área, metade faz parte do nobre “Triângulo de Ouro de Stellenbosch”, terroir de excepcional qualidade para elaboração de tintos, e a outra metade na região de Bottelary Hills, famosa pela produção de brancos de altíssima qualidade.

Alykhan Karim

Curador(a)

Alykhan Karim
Whats App Message