BARON PHILIPPE DE ROTHSCHILD CÉPAGES CABERNET SAUVIGNON PAYS D’OC 2019

Languedoc, França
Languedoc, França

BARON PHILIPPE DE ROTHSCHILD CÉPAGES CABERNET SAUVIGNON PAYS D’OC 2019

Assinado pela família Rothschild, um Cabernet Sauvignon que celebra a máxima francesa “joie-de-vivre”.

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • MassasMassas
  • VegetarianosVegetarianos
  • QueijosQueijos

Avise-me

Teor Alcoólico

13.50%

Descanso

10 min

Temperatura

18.00 °C

Uva/Corte

  • Cabernet Sauvignon

Sobre o produto

“Joie-de-vivre” é uma expressão francesa que quer dizer, em tradução literal, alegria de viver. Ela resume perfeitamente bem o espírito francês de celebrar a vida, dando importância a cada detalhe de forma a não desperdiçar nenhum momento.

E a linha Cépages, assinada pela Baron Philippe de Rothschild, imprime exatamente este sentimento em cada garrafa. Destaca as principais variedades francesas (que ganharam o mundo e hoje tornaram-se internacionais) em vinhos simples, mas deliciosos e feitos com o know-how da família que comanda os Château Mouton Rothschild, Château Clerc Milon e Château d’Armailhac.

Cépages nasceu de um novo empreendimento da família Rothschild no Languedoc, um terroir que está cada vez mais famoso entre os grandes e tradicionais vignerons franceses, por possibilitar a elaboração de vinhos de alta qualidade que possam ser vendidos por um valor extremamente acessível.

O Cabernet Sauvignon tem perfume agradável de cerejas frescas, framboesas e amoras silvestres com uma pitada de pimenta branca. É dono de paladar estruturado e encorpado, com taninos redondos e acidez bem integrada. As notas de frutas ganham mais intensidade na boca e vêm acompanhadas por final encantador de baunilha.

Um tinto para acompanhar o pôr-do-sol ou um despretensioso churrasco entre amigos. Fácil de beber, não pede por comida, mas certamente fica ainda mais agradável com um espaguete à carbonara, um choripan ou uma tábua de frios.

História

Em 1922, Baron Philippe de Rothschild, assumiu os negócios da família precocemente aos 20 anos. Com espírito jovem e inovador, ele impôs uma revolução - que depois viria a se tornar regra - em Bordeaux: insistiu para que o vinho, antes comercializado em barris, passasse a ser engarrafado na propriedade, fazendo com que ganhasse mais valor no mercado. Essa foi apenas a primeira de muitas tendências que ditaria nos próximos 60 anos no comando do império Rothschild.

Movido pela ambição de fazer os melhores vinhos do mundo - algo que se reflete nos vinhos do Premier Cru Château Mouton Rothschild, Château Clerc Milon e Château d’Armailhac -, empreendeu novos projetos e utilizou o seu know-how para produzir grandes vinhos em Bordeaux, Languedoc-Roussillon, Chile e Estados Unidos, com a assinatura da poderosa família.

Encontramos outros produtos que você pode gostar!
Whats App Message