QUINTA DO CARNEIRO ALENQUER DOC RESERVA TINTO 2016

Portugal
Portugal

QUINTA DO CARNEIRO ALENQUER DOC RESERVA TINTO 2016

Carnudo, maduro e envolvente, um blend tinto reserva da Denominação de Alenquer, na região de Lisboa. Conheça!

Selos e premiações

  • AD 90

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • VegetarianosVegetarianos
  • ÁrabeÁrabe
  • AvesAves

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

14.00%

Descanso

30 min

Tempo de Barrica

10 meses

Temperatura

18.00 °C

Uva/Corte

  • Cabernet Sauvignon
  • Touriga Nacional
  • Trincadeira

Sobre o produto

Alenquer é uma das 9 Denominações de Origem da região de Lisboa, um privilegiado terroir com nítidos atributos do microclima do Mediterrâneo. Um elegante blend das castas Touriga Nacional, Trincadeira, Cabernet Sauvignon, este tinto amadureceu por 10 meses em pipas novas de carvalho francês, o que aportou longevidade e estrutura ao vinho.


De intensa cor rubi com reflexos acastanhados, instiga o olfato com intensos aromas de frutas vermelhas e pretas maduras, como ameixas e mirtilos, crava, canela e um sutil toque de tabaco.


No paladar entrega taninos macios e muito bem integrados, com acidez na medida e corpo médio. Um tinto reserva bem convidativo, com uma deliciosa persistência com um toque de menta e especiarias. Altamente recomendado! Harmoniza muito bem com excelente companhia, carré de cordeiro com crosta de ervas, fraldinha e legumes na brasa e risoto de funghi.


90 Pontos - Revista Adega - Tinto composto a partir de Touriga Nacional, Trincadeira e Cabernet Sauvignon, com estágio de 10 meses em barricas de carvalho francês e americano.


Mostra frutas negras e vermelhas de perfil mais maduro envoltas por notas terrosas, de ervas secas e de especiarias doces. Carnudo, tem acidez refrescante e taninos de ótima textura, que conferem equilíbrio ao conjunto e profundidade ao vinho. Para as carnes vermelhas mais gordurosas.

História

Localizada na Denominação de Origem de Alenquer, uma das 9 da região de Lisboa, a Quinta do Carneiro tem esse nome devido ao seu antigo proprietário, o quarto Conde de Lumiares, Carneiro e Sousa. Entre os séculos XVIII e XIX, a propriedade dedicou-se principalmente à produção de uvas para produção de vinho.


Em 1984 foi constituída a Sociedade Agrícola do Carneiro, cujo terreno se estende por 50 hectares de solo argiloso-calcário e se beneficia de um clima influenciado pelo Atlântico e pelo Mediterrâneo. A adega construída em 1991 concentra todo o processo de vinificação do vinho, elaborado pela vinícola do cacho à garrafa.

Whats App Message