CRASTO ALTITUDE 430 2020

Douro, Portugal
Douro, Portugal

CRASTO ALTITUDE 430 2020

Elegante blend de altitude do Douro, um novo capítulo da Quinta do Crasto. Conheça!

Selos e premiações

  • AK 92

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • VegetarianosVegetarianos
  • ÁrabeÁrabe
  • AvesAves

Avise-me

Teor Alcoólico

12.50%

Descanso

30 min

Tempo de Barrica

12 meses

Temperatura

16.00 °C

Uva/Corte

  • Tinta Francisca
  • Touriga Nacional

Sobre o produto

Crasto 430 Altitude é um novo capítulo na rica história da renomada Quinta do Crasto. Este exemplar, sua primeira safra, imperdível!

Uma experiência que entrega a perfeita combinação de diferentes características. A primeira delas se refere ao “430”, uma cota de 430 metros de altitude e exposição solar Norte, que potencializa o caráter fresco e elegante das castas Tinta Francisca e Touriga Nacional plantadas nessas condições.

Outra característica é justamente o blend de 70% de Tinta Francisca, com seu frescor e estrutura, com 30% de Touriga Nacional, que aporta densidade, acidez e potencial aromático.

Um vinho tinto de teor alcoólico baixo (12,5%), que amadureceu por 12 meses em barricas usadas de carvalho francês, aportando estrutura e longevidade.

Sedoso, harmonioso, e ainda bastante complexo, de corpo leve para médio, chamamos este vinho internamente como o "grande Pinot Noir do Douro", pelas semelhanças com os elegantes tintos da Borgonha.

De cor granada, conquista o olfato com aromas de toffe, amêndoas e uma certa cremosidade láctea, que dá lugar a morango e framboesa madura em perfeita sintonia com especiarias finas e notas de bosque, revelando sua excepcional tipicidade aromática.

No paladar é elegante e envolvente, preenche a boca com presença da fruta, delicioso frescor e uma textura delicada e sedutora. Irresistível!

Perfeito para ser apreciado em excelente companhia, queijos de massa mole, bacalhau assado, carnes curadas e baião de dois.

92 Pontos - Alykhan Karim - CEO - Sonoma Market

História

O Crasto que a Quinta ostenta no nome é uma referência a um vinhedo murado datado do fim do Império Romano, cujas ruínas estão na propriedade do Roquettes. A Quinta é uma das da modernas vinícolas portuguesas e uma verdadeira sensação do Douro.

Tomás Roquette, um dos proprietários da Quinta do Crasto, é um desses "boys", e podemos sentir o efeito dessa filosofia ao abrir uma garrafa dos seus vinhos.

A vinícola está situada na margem direita do rio Douro, entre Régua e Pinhão, na sub-região do Cima Corgo. São aproximadamente 135 hectares, dos quais 74 ocupados por vinhas que produzem vinhos do Douro e do Porto, com algumas delas entre as mais antigas da região, como a Vinha Maria Teresa. A Quinta do Crasto também possui uma propriedade na sub-região do Douro Superior, a Quinta da Cabreira, onde elabora os vinhos da linha Superior.

Alykhan Karim

Curador(a)

Alykhan Karim
Encontramos outros produtos que você pode gostar!
Whats App Message