DE MARTINO ESTATE RESERVA SAUVIGNON BLANC 2020

Maipo, Chile
Maipo, Chile

DE MARTINO ESTATE RESERVA SAUVIGNON BLANC 2020

Em 1934 o italiano Pietro de Martino chegava ao Chile em busca de um lugar único para produzir vinhos. Foi assim que fundou a De Martino, no coração do Valle del Maipo. Ainda na década de 1990, a vinícola embarcou em um projeto, até então pioneiro n

Selos e premiações

Harmonize com

  • Comida JaponesaComida Japonesa
  • PeixesPeixes
  • VegetarianosVegetarianos
  • Frutos do marFrutos do mar
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

13.00%

Tempo de Barrica

6 meses

Temperatura

12.00 °C

Uva/Corte

  • Sauvignon Blanc

Sobre o produto

A De Martino elabora vinhos inesquecíveis, de alta qualidade, no coração do Valle del Maipo, no Chile.

A Sauvignon Blanc usada na elaboração desse Estate Reserva está plantada no fresco Valle de Casablanca, com seu solo de origem granítica com diferentes níveis de argila, onde o clima é mediterrâneo e a amplitude térmica entre dia e noite é bastante alta. Os vinhedos são resfriados pela brisa fria que sopra do Pacífico.

Após a colheita, as uvas são prensadas de forma suave, para não extrair os compostos fenólicos amargos, que resultam na presença de taninos. A fermentação alcoólica ocorre de forma natural, em tanques de inox. A fermentação malolática é bloqueada para manter todo o frescor da fruta e, após esse processo, o vinho descansa por 6 meses em tanques de inox em contato com as borras.

Este vinho tem cor amarelo pálido, cristalino e brilhante, com aromas cítricos de limão e laranja lima, frutas brancas como pêra e maçã e notas herbáceas.

Em boca traz notas de abacaxi maduro e leve maracujá, envolto em frescor e acidez muito elevados, com linda estrutura, equilibrado e muito fácil de beber.

É uma excelente pedida para uma refeição de comida japonesa fria, como sushi e sashimi, lula à dorê ou tempurá de legumes.

História

Em 1934 o italiano Pietro de Martino chegava ao Chile em busca de um lugar único para produzir vinhos. Foi assim que fundou a De Martino, no coração do Valle del Maipo.

Ainda na década de 1990, a vinícola embarcou em um projeto, até então pioneiro no país, para converter as práticas tradicionais de cultivo nos vinhedos em um processo 100% orgânico.

Com todo esse respeito ao sagrado terroir que elabora seus vinhos, o conteúdo engarrafado busca transmitir um sentido de lugar, pureza e equilíbrio. Por isso é tão importante o cultivo sustentável e o uso de técnicas tradicionais de vinificação.

Sob o comando do enólogo Marcelo Retamal, os vinhos refletem o lugar de onde vem, mostrando assim a diversidade única do Chile.

Whats App Message