CHÂTEAU BEL AIR DE VAYRES GRAVES AOC 2015

Bordeaux, França
Bordeaux, França

CHÂTEAU BEL AIR DE VAYRES GRAVES AOC 2015

Da propriedade no sul de Bordeaux adquirido pelo arquiteto do Torre Eiffel, este Graves AOC vem da lendária safra 2015. Um lindo Bordeaux Rouge já no seu auge e pronto para tomar!

Harmonize com

  • CarnesCarnes
  • MassasMassas
  • PeixesPeixes
  • HamburguerHamburguer
  • AvesAves
  • QueijosQueijos

Melhor custo/benefício

Quantidade
Vendido e entregue por: Sonoma Market

Teor Alcoólico

13.00%

Tempo de Barrica

6 meses

Temperatura

16.00 °C

Uva/Corte

  • Cabernet Sauvignon
  • Merlot

Sobre o produto

Da segunda mais antiga sub-região de Bordeaux, os vinhos extraídos dos solos de cascalho e seixos grandes de Graves de Vayres resultam em blends tintos atraentes e complexos. Cada um dos 30 Châteaux que compõem a denominação, produzem abordagens próprias.

É o caso de Château Bel Air de Vayres, propriedade que se tornou conhecida há um século após a aquisição por Gustave Eiffel, arquiteto da famoso torre do mesmo nome no centro de Paris.

Hoje administrado pela 4ª geração de viticultores da família, este vinho principal do Château vem de uma assemblage de 50% Merlot e 50% Cabernet Sauvignon, de vinhas cultivadas sem uso de herbicidas químicos, porém, respeitando os métodos tradicionais de um Bordeaux.

As uvas passam por vinificação em cubas de concreto com maceração de 15 a 20 dias, por meio de uma rara prensa hidráulica de 1913, antes de passar por um mínimo de 6 meses em barris de carvalho francês.

Em taça revela bonita cor granada, límpida e brilhante, com um leve halo.

Um bouquet expressivo traz ao nariz aromas de frutas pretas e vermelhas, pedra quebrada, e um toque de café. Entra com frescor na boca, com leveza, taninos bem domados, desmancha na boca, mostrando que está na janela ideal para beber.

Muito elegante e bem equilibrado, este é um vinho que já é domado com passar dos anos na garrafa, os componentes totalmente integrados numa única experiência fluida e bastante bonita.

É isso que esperamos de Bordeaux de guarda, já no seu ápice!

Pede uma harmonização mais tranquila, com uma tábua de queijos e charcutaria, um filet mignon ou outro carne nobre sem muita gordura, ou um risotto de funghi porcini.

História

Liderado pelo vinhateiro Philippe Serey-Eiffel, descendente do Gustave Eiffel, arquiteto na frente do projeto do monumento mais famoso da França, o Château Bel-Air compõe o conjunto de 30 produtores de vinhos sob a apelação de Graves de Vayres, administrado pelo Château de Vayres, um testemunho majestoso do passado histórico de Bordeaux.

Segunda mais antiga sub-região bordalesa, vem desde meados do século 19 produzindo vinhos de alta qualidade. Carrega o título de denominação de origem desde 1919, poucos anos antes da criação do sindicato dos viticultores com o mesmo, em 1926.

Whats App Message